11 Dicas de como melhorar o sexo: Para homens e mulheres

Sabe aquele “mimimi” de como fazer, como ser ou como agir na hora do sexo? Pois então, temos uma boa e uma má notícia para você que acredita que realmente existe um meio único de agir ou falar durante o sexo.

Sexo é mais do que só teoria, só uma lista de dicas e principalmente uma lista de regras específicas que vão funcionar para todo mundo. Bom seria, se “a coisa” toda do sexo fosse só acessar uma manual de instruções e voilá, felizes para sempre!

A verdadeira graça do sexo é justamente saber que cada um tem seus gostos, particularidades e fantasias. Cabe a você decidir o que estará disposto a fazer ou ceder nessa hora. 

Nosso primeiro e mais importante conselho é: CONHEÇA O SEU PARCEIRO OU PARCEIRA. Criar uma intimidade na hora do sexo é ter em mãos a melhor chance de sentir o máximo prazer, ao mesmo tempo em que proporciona o mesmo (ou até mais) para a pessoa que estiver com você. 

Algumas dicas são sempre bem vindas. Tentar levá-las em consideração pode dar o up que você espera nas suas relações, além de mostrar coisas que você nem imaginava ou considerava na hora do sexo.

*Mas lembre-se! Nosso corpo NÃO É UMA MÁQUINA. Isso significa, que nenhuma das dicas de abaixo vai destacar o mais importante conselho já mencionado aqui: Conheça e crie intimidade com o seu parceiro ou parceira. Mesmo se for um sexo casual, a conversa é um ponto chave para criar uma intimidade um pouco mais intensa e garantir um momento “sexual” mais interessantes e proveitoso para vocês dois.

Sem mais rodeios, vamos la!

Dicas de sexo bom, divertido e sem vergonha!

1. Sexo sem vergonha:

A dica 1 é talvez a mais preciosa da nossa lista para se ter um sexo realmente bom e prazeroso. A timidez é apreciada e colocada como “bonitinho” por muitas pessoas, mas a realidade é que provavelmente isso não vai durar muito tempo. Um dos dois vai acabar inciando uma intimidade mais rápida e talvez ficando frustrado com o excesso de timidez do parceiro. 

Sabe porquê sabemos disso? Imagine todas as fantasias que você já teve na hora do sexo (seja com quem for)… Pense no que você já imaginou com aquela pessoa e admita que  nem todos os pensamentos se resumiam em beijos suaves ou carinhos eternos, não é mesmo? Pois bem, isso acontece com quase todo mundo. Difícil dizer quem nunca imaginou alguma coisa louca ou até mesmo uma cena de sexo inteira na mente com uma pessoa muito atraente. O que nos leva a pensar que mais cedo ou mais tarde esses pensamentos vão vir à tona e o excesso de timidez poderá ser um ponto contra, tanto para você, quanto para o seu parceiro. 

A timidez pode surgir por vários motivos, desde a falta de prática, até a vergonha do corpo, a mais difícil de combater.
Os padrões corporais atuais (o tal corpo perfeito) é um esteriótipo que atinge muitas pessoas, principalmente na hora do sexo, o que pode transformar esse momento em um verdadeiro desastre!

Em diversas pesquisas já se comprovou que os homens percebem muito menos detalhes na hora do sexo do que as mulheres. Celulites, estrias, manchas, cicatrizes, gordurinhas e todas essas normalidades (sim, porque isso é mais do que normal) que as mulheres tanto temem, mal são notadas por eles na hora do sexo (assim como por elas também). Normalmente nem em outros momentos são notadas com tanta intensidade quanto as mulheres ou os homens imaginam, mas principalmente no sexo, esses detalhes são bem ignorados.

Vergonha com as partes íntimas do corpo é outra coisa que deve ser ignorada. MUITO MESMO! Feio é “arregar” na hora do sexo por conta disso (-.-). Se alguém disser o contrário, pense bem se essa é a pessoa certa para você. Mesmo se tratando de um sexo casual, tudo o que for dito pode ser constrangedor ou ofensivo para ambos. Cuide com o disser e repense tudo o que ouvir. Se algo te deixar desconfortável, sinta-se livre para cair fora!   

2. FALA! O que você gosta de fazer

Mesmo que o seu interesse seja só um sexo casual, falar para a pessoa o que você gosta (e o que não gosta também) é um muuuuito importante. Além de criar o tal ponto de intimidade mencionado anteriormente, você vai explorar o que realmente a pessoa quer com você e se ela vai estar disposta a compartilhar alguns dos seus gostos na hora do sexo.

Essa dica é muito importante e não deve ser ignorada. Falar, se comunicar na hora do sexo pode transformar o momento em algo muito mais prazeroso e oferecer até mesmo a possibilidade de um “bis”, se você tiver essa intenção.

3. Pare de ter pressa!

Tem gente que parece que vai sufocar se não fizer todas as posições e todas as “coisas possíveis” na hora do sexo tudo de uma vez, ou melhor, tudo em uma vez só!
Nosso corpo “se recupera” bem rapidinho, tanto homens, quanto mulheres. Esperar entre um orgasmo e outro para começar de novo é algo que pode e deve ser feito.
As vezes a pressa é inimiga da perfeição, o que significa que querer fazer tudo loucamente pode tornar o seu momento no sexo uma verdadeira desgraça.

Experimente tudo o que o sexo pode oferecer, não tenha medo de ter paciência ou de precisar de um segundo round. Deixar para a segunda vez pode ser mais vantajoso e prazeroso do que apressar todas as posições e todas as suas fantasias sexuais em uma única tentativa de sexo. Pense nisso! É uma dica valiosa e que com certeza pode fazer toda a diferença, tanto para você, quanto para o seu paceiro ou parceira. 

Não deixe que a ansiedade guie você nessa hora. Sinta mais e pense menos!

4. Preliminares às vezes são melhores que o sexo em si

Tem gente que gosta tanto das preliminares que atinge o orgasmo ali mesmo! Há até quem considere a preliminar o sexo em si e não somente uma iniciação.
Muito vai depender do que você espera para esse momento e do que o parceiro espera também.

Saber identificar reações ou até mesmo perguntar até onde cada um pretende ir nas preliminares (compartilhando ideias) é sempre uma boa dica a ser seguida. Ter sintonia em todos momentos é prazer garantido para ambos.

Como já mencionamos várias e várias vezes, você deve conversar e principalmente, não se limitar a certos padrões. Se para você preliminar for apenas preliminar, beleza, converse explique e fale com o seu parceiro. Mas se para ele for algo que já leve a um orgasmo, tente não se frustrar. Não tenha pressa e pense que ir para um segundo ou terceiro round pode ser mais benéfico do que achar que tudo se resume só a primeira tentativa.

5. Foque nos lugares certos

Focar nos lugares certos nada mais é do que identificar (observando reações ou perguntando de fato) o ponto certo de prazer do seu parceiro.

Existem diversos pontos de maior prazer que variam muito de pessoa para pessoa, por isso a comunicação é tão importante.
Num geral, tirando com base estudos científicos, para as mulheres o ponto de maior prazer é no clítoris e para o homem na cabeça do pênis e um pouco abaixo.

Mas como dito anteriormente… Cada um é cada um, e nada mais que uma boa comunicação, tanto da sua parte, quanto da parte do parceiro para chegar no “ponto G”.

  • Lembre-se que as genitálias não são os únicos pontos de prazer. Tocar em regiões erógenas como pescoço, costas, seios e virilha também podem ajudar.

Explore todas as partes e observe atentamente as reações do seu parceiro. Você mesmo poderá notar quando um toque diferente provocá mais estímulos.
Além dos toques, opte pelos sussurros e algumas sacanagens no ouvido, isso também pode ajudar. 😉

6. Se masturbem (um ao outro ou os dois juntos)

A masturbação poderia entrar também na lista das preliminares, depende de como vocês farão isso e se ambos levam esse momento apenas como uma preliminar. Assim como todas as demais opções de preliminares a masturbação pode levar ambos ao orgasmo.

Fazer algumas brincadeiras juntos são boas dicas de como apimentar o sexo.

Se um dos dois chegar ao orgasmo durante a masturbação não se desespere, nem mesmo se for você a chegar lá primeiro. Encare isso como algo bom. Segure o “tchan” por um tempinho e pense em um segundo round.

Saber como agir nesses momentos pode excitar muito mais o seu parceiro do que você pensa. Mesmo se foi você quem gozou primeiro.

7. Não finja coisas, nem queira “mostrar” nada. Deixe o corpo agir e sentir.

As dicas para um sexo bom e realmente prazeroso podem se tornar grandes aliadas para a sua vida, vai depender do quanto você pretende seguir e de que modo irá fazer.
Não fingir qualquer sensação, por exemplo,  é uma das dicas mais preciosas. Fazer isso pode ser péssimo pra você e pior ainda se for o seu parceiro ou parceira quem estiver fingindo.

Isso não é legal em momento algum e em hipótese nenhuma! Tudo tem que ser natural, com comunicação entre ambos para que cada momento, desde as preliminares, até o ato final, sejam inesquecíveis.

Nas dicas anteriores mencionamos as reações que você deve notar no seu parceiro. Se vocês forem muito tímidos e à principio não conseguirem trocar muitas informações, analisar as reações e mudar de tática conforme o que você vê pode ser uma ótima opção.
O importante é conseguir de alguma forma captar os desejos de ambos e deixa tudo as claras, sentindo, aproveitando e curtindo ao máximo o momento. 

8. Faça elogios

A insatisfação com o corpo é um dos grandes tabus da atualidade. No sexo, isso com certeza se maximiza. Tanto homens quanto mulheres pode ter alguma timidez ou insatisfação com o corpo, aponto de não aproveitar o prazer de uma boa relação sexual e fazer com o parceiro ou parceira também não aproveite.

Para que nenhuma situação seja constrangedora tanto para você quanto para o seu parceiro, elogiar pode ser uma das melhores alternativas. Elogie (sem exageros) o corpo do seu parceiro ou apenas diga o quanto o acha lindo (a). Saiba dosar, para não parecer forçado, mas deixe algumas de suas emoções aparecerem de um jeito doce e sensual.

Um elogio simples, por mais tímido que seja, pode fazer com o outro “destrave”, perca os seus medos e mostre a você o que realmente deseja e o que realmente pode oferecer durante o sexo.

Elogiar não faz de você desesperado ou qualquer outra coisa. É muito melhor do que você imagina, melhor até mesmo do que manter um silencio contínuo e incomodo.
Elogie, fale com verdade e sensualidade e deixe o momento mais tranquilo, liberto e à vontade para ambos.

Elogios podem excitar, divertir e fazer o que o seu parceiro ou parceira tenha a confiança necessária para se sentir totalmente à vontade ao seu lado. Pratique esta dica e veja como um elogio pode melhorar ainda mais este momento tão incrível.

9. Não esqueça o “resto” do corpo

Muito além das partes íntimas, o nosso corpo possui diversas áreas erógenas, seja você homem ou mulher. Cabeça, peito, orelhas, virilhas e nádegas são algumas delas.

Novamente entrará a parte do gosto de cada um e da comunicação entre vocês, mas se você quiser fazer uma surpresinha e agradar ainda mais, pode tentar alisar um pouco o seu parceiro e ver o que rola, esperar uma reação e prosseguir ou mudar o que está fazendo de acordo com o que sente e vê.

Lembre-se que carinho é algo que dificilmente alguém recusa, então por mais “seco” que seja o seu parceiro ou parceira, um carinho no lugar certo e no momento certo sempre dá um jeito de tornar tudo ainda melhor.

10. Aceite novidades e principalmente: Não as Julgue!

Tanto você, quanto o seu parceiro podem ter ideias “diferentes” para apimentar o sexo. tudo tem de ser considerado, desde que não ultrapassa aquilo que você julga aceitável para você e para o seu corpo.

Use brinquedos sexuais, proponha algumas posições diferentes, fale coisas ousadas ou sugira locais diferentes para transar. Apimente a relação e deixe as coisas com um ar diferente, mais divertido e prazeroso.

Pergunte a opinião do seu parceiro, troque uma ideia, sugira uma tentativa e ligue o start para as fantasias que você tem em mente. Tudo é permitido desde que se permitam fazer. Sugira e ouça o que o seu parceiro ou parceira tem em mente e deixe o momento seguir. Curta e aproveite sem julgar.

11. Não fale ou faça besteiras depois do sexo

Não falar besteiras depois do sexo é um dica que todos, absolutamente todos, deveriam seguir. O que queremos dizer com isso é que você nunca deve dizer frases pejorativas, que magoem o seu parceiro ou que o coloquem para baixo com a própria aparência ou com o “desempenho” que teve durante a relação.

Tanto durante o sexo, quando depois, tudo deve ser levado como uma experiência, seja ela boa ou ruim, mas nunca como algo a se ofender ou julgar posteriormente.
Se você sente necessidade de ser sincero com o seu parceiro, tente um novo convite, deixando claro algumas de suas preferências, ou então, explique delicadamente o porque de você não estar satisfeito.

Pensar no outro, além de você é algo que todos deveríamos fazer, afinal, nunca se sabe o dia de amanhã, não é mesmo.

Tendo tudo isso em mente, todas as dicas ao seu alcance só falta partir para o ataque! Converse com o seu parceiro o máximo possível, o surpreenda de todos os modos possíveis e sempre pense que melhor do que você atingir o orgasmo, é os dois atingirem.

Aproveite com consciência nossas dicas e curta muito mais o sexo. 😊

Autor: Tópico Livre

Informações, dicas e tutoriais. Tudo em um só lugar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s