O tênis ideal para corrida, trabalho, tipos de pisada e joanete

Escolher um bom tênis pode parecer algo bastante irrelevante, principalmente se você não tem muitos objetivos definidos na hora de comprá-lo. 

Pensar duas vezes antes de comprar qualquer modelo que você vê pela frente, ou o mais barato, é a melhor escolha para auxiliar na sua saúde e adicionar alguns pontos à mais nas suas atividades físicas. Comprando o tênis certo você aproveita uma rotina mais confortável e ainda curte um modelo de tênis bonito e ideal para o que você precisa.

tipos-de-tenis

Abaixo, listamos algumas dicas de como você pode escolher o tênis ideal, levado em conta algumas possibilidade da sua rotina: 

  • Tênis para exercícios físicos? 
  • Tênis para trabalhar ou ter mais conforto no dia a dia? 
  • Tênis para joanete ou problemas ortopédicos? 
  • Tênis para pisada pronada, supinada ou neutra? 
  • Tênis para a academia?

As opções são muitas, e vamos listar o máximo possível abaixo, para que você descubra qual a sua real necessidade ao comprar este novo tênis. Leia atentamente e busque pela sua versão ideal.

1- Tênis para corrida

Os tênis para corrida são, normalmente, os mais procurados quando falamos em escolher um novo par para a nossa rotina. Em geral, são os únicos em que as pessoas realmente param e analisam os benefícios que o produto pode oferecer, levando mais em conta o resultado final, do que o próprio preço de custo. 

Para escolher um tênis de corrida ideal você deve levar em consideração os seguintes requisitos:

Amortecimento:

Tênis com Amortecimento

Neste quesito você deve estar atento a firmeza do amortecimento do seu novo tênis, como também, o seu peso corporal. Quanto maior o seu peso e maior os impactos causados pela pressão da corrida, mais forte e firme terá de ser o amortecedor do seu novo tênis. 

O ideal é que você prove no momento da compra, para sentir se o amortecimento irá suportar confortavelmente o seu peso e não irá prejudicar os seus pés ou articulações.

Tipo de pisada:

Tênis Tipos de Pisada

A pisada é um ponto importante a ser levado em consideração na hora de comprar um novo tênis de corrida. Existem vários tipos de pisadas, que talvez você mesmo não perceba que tenha. 

Pisada pronada, pisada supinada e a pisada neutra. (A seguir, nesta mesma matéria, iremos explicar em detalhes como é cada tipo de pisada e o tênis ideal que cada uma necessita).

O importante primeiramente é você detectar qual o seu tipo de pisada, para daí então, escolher o modelo de tênis ideal de acordo com os seus objetivos. 

Tipo de solo:

Tênis Tipos de Solo

Os tênis para corrida variam também de acordo com a terreno do qual você pretende fazer o seu treino, seja só por hobby ou para competições e exercícios de maior intensidade.

  • Os tênis estilo “trail”, ou simplesmente trilha, são os mais indicados para terrenos acidentados, com lama, pedras ou variações. Escolha este modelo levando em conta o terreiro e também os obstáculos que o caminho pode ter. 
  • Os tênis com melhor desempenho de amortecimento são os mais indicados para pisos, estradas não acidentadas, paralelepípedos, calçadas, esteira ou asfalto.

Tipo de cadarço:

Tênis Tipos de Cadarço

O cadarço normalmente é ignorado na hora de comprar um bom tênis de corrida, especialmente porque a maioria das variações de tênis desta categoria é acompanhada de cadarços comuns, como aqueles de amarrar. 

Aqui, o que vai ser levado em conta é a sua necessidade quanto a um tênis mais prático, muito mais do que somente o desempenho do calçado. Nem sempre você terá o tênis perfeito em amortecimento ou no estilo certo para determinados terrenos, com o cadarços certo que você deseja. 

Para quem tem dificuldades em amarrar o calçado ou tem qualquer problema com os modelos convencionais, optar por modelos sem cadarço, estilo sapatilha, ou então com velcro, pode ser uma boa opção.

Estabilidade:

Tênis Tipo Estabilidade

Os tênis estilo “estabilidade” são boas opções para quem procura um tênis para corrida “tudo em um”. Eles oferecem amortecimento, durabilidade e suporte para maior peso corporal ou corridas mais intensas.

Estes modelos têm um solado diferenciado, com modulação semi-curva, oferecendo além dos quesitos citados acima, uma ótima opção para corredores de peso médio, que não tem a intenção de gastar um valor tão grande em um novo par de tênis.

Controle de movimento:

Tênis Controle de Movimento

Os tênis com controle de movimento são indicados para quem tem os estilos de pisada muito acentuados, para ambos os lados (pronado ou supinado).

Ele possui um solado mais rígido e não deixa que a sua pisada, assim como o impacto causado nas articulações, seja algo preocupante para você durante a corrida, ou até mesmo caminhada. É a opção ideal para quem precisa de máxima estabilidade na pisada, associado a um tênis de longa durabilidade.

Performance:

Tênis Performance

Ao contrário dos modelo citados até aqui, o estilo performance é a opção mais “leve” de todas, trazendo desde os solados semi-curvos, até os curvos. Ele é indicado para competições mais rápida, onde há menos intensidade (como os modelos Controle de Movimento). Os tênis Performance são ideais para corridas como os tiros de velocidade, por exemplo.

  • Não escolha este tênis se estiver pensando somente na velocidade de corrida, isso pode ser um erro fatal! Caso você tenha uma pisada muito acentuada para qualquer um dos estilos, este tipo de modelo pode prejudicar ainda mais suas articulações e impedir que você termine o circuito proposto. 

Mesmo se tratando de modelos um pouco mais pesados, os citados anteriormente serão as opções ideais caso você tenha qualquer variação na pisada ou nas suas articulações. Lembre-se que o calçado certo pode oferecer mais desempenho de velocidade do que apenas o modelo padrão proposto para isso. Deixe para escolher este modelo caso você tenha a pisada neutra. (Iremos discutir mais sobre os tipos de pisada ao fim da matéria)  

Formato do pé:

Tênis Pé Largo

O formato do pé é um quesito que também deve ser lembrado no momento de comprar um novo tênis de corrida. Aqui, nos referimos não somente a sua pisada durante a corrida, mas também, a largura do pé, variação de um pé para o outro, dedos e calcanhar. 

Você pode comprar o tênis certo de acordo com a sua pisada, mas esquecer da largura do seu pé, por exemplo. Isso dará a você a sensação de sufocamento dos pés durante a corrida, o que provavelmente irá ocasionar um forte desconforto e até mesmo lesões mais sérias.

Se você possui pés mais largos, opte por tênis com cadarços de amarrar e que possam ser abertos (alargados através do cadarço) em uma grande extensão. Já se o seu pé for mais fino, porém, com maior comprimento, opte pelos modelos com boa estrutura interna e que mantenham o seu pé firme e no lugar durante todo o trajeto. 

As meias também podem ser grandes aliadas no uso do tênis de acordo com o formato do seu pé. Escolha uma versão mais grossa ou mais fina, de acordo com o formato do seu pé e aproveite a corrida com mais desempenho e conforto. 😉 

2- Tênis para caminhadas

Tênis Caminhada

Os tênis para caminhada podem seguir os mesmo modelos citados acima (para corrida), principalmente se você notar a pisada mais acentuada para um dos lados ou simplesmente sentir algum desconforto com os calçados comuns que utiliza no dia a dia.

Obviamente, você não precisa exagerar escolhendo um tênis tão específico, caso queira apenas um modelo barato e bom o suficiente para uma caminhada leve. 

Mas é sempre bom alertarmos que optar simplesmente pelo modelo mais barato, pode ser um verdadeiro “tiro no pé”, especialmente se pensarmos na sua saúde. Alguns dos quesitos mencionados sempre devem ser levados em consideração, seja pelo seu estilo de pisada, ou pelo conforto diário que o tênis pode oferecer. 

Priorize pelo menos os modelos com um bom amortecimento, que se ajustem perfeitamente aos seus pés e tenha um bom cadarço e um bom conforto interno.

3- Tênis para andar de bicicleta

O tênis ideal para andar de bicicleta é aquele com solado mais baixo e boa maleabilidade para o tornozelo (parte importante do movimento natural da pedalada).

O cadarço também deve ser levado em consideração ao escolher um bom tênis para pedalar. Ele deve ser folgado o suficiente para que você possa apertar ou afrouxar de acordo com o tamanho dos seus pés e também de acordo com a movimentação natural do corpo durante a pedalada. 

Por sorte, modelos desse estilo costumam ser mais baratos e não exigem grandes diferenciações quanto à terreno ou o tipo de pisada que você tem. Apenas atente-se a postura certa do seu pé durante a pedalada e veja se o seu tênis não causa qualquer dor ou desconforto no momento do exercício.

4- Tênis para academia

O tênis ideal para a academia é o estilo performance, ou os modelos com bom amortecimento. Eles oferecem melhor desempenho para equipamentos “estáticos” como a esteira, por exemplo, a bicicleta ergométrica ou a musculação, suportando o excesso dos pesos de forma correta e bem distribuída.

Se você utiliza a esteira por períodos de tempo maiores você pode optar também por uma versão de tênis especialmente voltada para o seu estilo de pisada. Em qualquer que seja o seu esporte ou utilização, a pisada é um dos pontos mais importantes a ser levado em consideração. Lembre-se sempre disso!

5- Tênis para trabalhar

tenis-para-trabalhar

Os tênis ideais para trabalhar são praticamente TODOS, muito vai variar pelo tipo de trabalho que você faz e o conforto exato que deve ou deseja ter no dia a dia. Trabalhar sentado por exemplo, não exige nem se quer um tênis, caso você não deseje. Já para trabalhos em que você passa bastante tempo em pé e principalmente andando para lá e pra cá, o é ideal um tênis semelhante ao citado nos modelos para caminhada ou academia (os performances).

Novamente o conforto interno do modelo vai ser de grande utilidade, além do amortecimento ideal para o dia e o tipo de pisada certa conforme o seu pé. 

Leve em consideração que o seu tênis será utilizado todos os dias. Se você comprar um modelo qualquer, (principalmente se você tiver uma pisada acentuada para um dos lados), isso poderá afetar seriamente a sua rotina, mesmo que você não sinta na hora. 

O uso contínuo do modelo errado pode resultar em uma lesão mais séria do que você pode imaginar.

6- Tênis para joanete

Tênis para Joanete

O tênis ideal para joanete normalmente é o mesmo indicado para pés largos, pois alivia as tensões nas articulações do pés, ao mesmo tempo em que não sufoca e não machuca, ideal para quem tem joanete. 

Você deve escolher também os modelo mais macios e não tão rígidos, nem por dentro, nem por fora. A maleabilidade do tênis é ideal para não forçar o joanete e manter o conforto que você precisa no dia a dia.

Escolha também os modelos mais baixo, com solados firmes e macios. O conforto interno é tão ou mais importante que o externo, então, provar e escolher bem o seu calçado nesse momento é o melhor a fazer

Muitas vezes os tênis mais macios e indicados para quem tem joanete não são necessariamente os modelos esportivos ou mais modernos. Você consegue sim encontrar modelos bonitos e de acordo com o seu gosto, associando a maciez de um bom modelo de tênis para joanete. Mas, é importante lembrar que o ideal aqui é o conforto que você tem que ter para a diminuição de dores no joanete e não somente a beleza do calçado. 

7- Tênis para pisada pronada

Pisada Pronada

A pisada pronada, ou simplesmente pronação é o efeito que os pés fazem ao caminhar “inclinando” levemente para o centro do corpo, ou seja, nesse tipo de pisada, você tem os pés levemente direcionados para dentro e costuma pisar primeiro com a parte esquerda do calcanhar (para o pé direito) e parte direita do calcanhar (para o pés esquerdo), seguindo para o dedão de ambos os pés. 

Seu impulso está voltado com maior ênfase para a parte interna dos pés, mantendo maior intensidade na pisada exatamente nos pontos mencionados (dedão e parte interna do calcanhar).

Isso não é necessariamente um problema, pode ser encarado apenas com uma variação do seu tipo de pisada, sua estrutura óssea, enfim, como você nasceu! O que temos que nos atentar aqui é que os modelos de tênis fabricados no mercado atual, podem não suportar ou ser compatíveis com o seu tipo de pisada, por este motivo, escolher um tênis específico para isso pode ser um grande aliado. 

Os tênis ideais para a pisada pronada são os das categoria “estabilidade” e “controle de movimento”. Eles são mais firmes, com melhor desempenho de amortecimento e encaixam-se nos pés suportando a intensidade do seu estilo de pisada, mesmo em corridas intensas ou caminhadas em terrenos ruins. 

Aqui, levamos bastante em conta que o tênis ideal para a pisada pronada deve ser aquele que suporte intensidades, especialmente porque neste estilo de pisada a intensidade é maior em pontos específico do pé (parte interna do calcanhar e dedão). 

8- Tênis para pisada supinada

Pisada Supinada

A pisada supinada é o contrário da pronada. Os pés tem uma tendência maior para uma “torção” externa, com o ângulo da pisada para fora, onde a maior intensidade se concentra na parte externa do calcanhar, seguindo para o dedo mindinho do pé.

Assim como a pisada pronada, isso não é considerado um problema em si, apenas uma variação do seu corpo, o que significa que nem todos os modelos de tênis irão se encaixar de acordo com a anatomia única do seu corpo.

Escolher um tênis ideal para a pisada supinada pode garantir mais saúde para você (sem risco de lesões), melhor desempenho em corridas e caminhas e até mesmo redução de gastos do calçado.

Os modelos de tênis ideais para a pisada supinada são normalmente os macios, mas com solados firmes. Eles não oferecem tanto atrito durante a pisada (especialmente nas costuras laterais) e mantém firmeza e a segurança necessárias para esse tipo de pisada.

Durabilidade e flexibilidade também são quesitos a serem considerados no momento de adquirir este tipo de calçado. Você deve lembrar que por ter uma má distribuição de peso sobre os pés, tanto a pisada pronada, quanto a supina, podem gerar um desgaste maior do seu calçado, assim como também, um desconforto térmico nos seus pés. 

Uma boa dica para aliviar este tipo de problema é optar pelos modelos com bastante respiro, sem exagero de camadas internas ou modelo muito fechados.

  • Você não deve forçar um exercício se sentir uma dor extrema, mesmo utilizando o tênis correto de acordo com a sua pisada. Muitas vezes a sua pronação ou supinação é bem mais acentuada do que você imagina e isso pode ocasionar lesões graves quando acompanhadas de exercícios forçados e ruins.
  • Cogite também consultar um ortopedista, caso você tenha pronação ou supinação muito acentuadas. Ele poderá indicar um bom tratamento para você e até mesmo o exercício físico ideal para o seu estilo de pisada.   

9- Tênis para pisada neutra

Pisada Neutra

A pisada neutra é a mais “comum”, por assim dizer. Ela é representada pelo equilíbrio da distribuição de peso nos pés, mantendo uma linha reta na pisada e fazendo a força desde o calcanhar (por inteiro), até as extremidades dos dedos dos pés (todos, não apenas o dedão ou o dedinho).

Este tipo de pisada é o que menos restringe você na hora de escolher um novo tênis. O que deve ser levado em conta, mesmo para esse tipo de pisada, é o conforto ou o desempenho que você quer de acordo com a atividade que vai realizar. 

Aqui, aconselhamos você a optar por um dos modelos de tênis para corrida ou caminhada citados lá no comecinho da matéria, escolhendo de acordo com o terreno, a velocidade, intensidade, amortecimento e todos os demais pontos que você achar importante em relação ao seu novo tênis. 

10- Tênis para problemas no joelho

O tênis ideal para problemas no joelho vai variar por uma série de fatores, entre eles, o problema específico no joelho, o seu tipo de pisada, desempenho nas corridas, a maciez do calçado, o peso corporal, joanete e assim por diante.

O calçado mais indicado para aqueles que tem problemas no joelho é com certeza o de melhor amortecimento, pois a intensidade da pisada no chão vai aliviar as tensões causadas no joelho e evitar possíveis dores ou lesões nesta região. 

Os modelos de tênis ortopédicos também são uma opção, tanto para os que têm pisadas variadas, quanto para os que possuem problemas nas articulações, como joelhos, tornozelos e proximidades envolventes. 

Dito tudo isso, basta escolher o seu novo tênis, conforme a anatomia do seu corpo ou a sua necessidade diária e “partir para o abraço”, ou melhor dizendo… Partir para a corrida! 😉

Se você tem mais alguma dúvida ou dica sobre bons calçados para usos específicos, deixe nos comentários, compartilhe conosco. Temos certeza que com a sua ajuda teremos as melhores dicas para auxiliar nossos leitores que estão em busca de um bom calçado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s